7 de dezembro de 2018

Carro

Fading nos freios pode ser perigoso: saiba o que é e como evitar

Imagine a seguinte situação: você está viajando de carro com sua família e, em uma longa descida da estrada, o veículo fica praticamente sem freios. Você aperta o pedal várias vezes e o carro não para. Que susto, não é mesmo?

Esse fenômeno é chamado de fading, e consiste na perda de eficiência da frenagem devido ao excesso de calor nas pastilhas e nos discos O aquecimento dos componentes prejudica o atrito, aumentado a distância de frenagem e reduzindo a segurança e a eficiência.

Estar atento e identificar com rapidez os sinais de fading nos freios, assim como tomar as medidas certas nessa situação, é muito importante.

Os sistemas foram projetados para que isso não ocorra, mas, dependendo de um conjunto de fatores (alta velocidade, excesso de peso e uso prolongado em longas descidas sinuosas), o fading pode acontecer.

Primeiramente, evite o uso excessivo do freio em uma descida. Reduza a velocidade e utilize o freio motor de modo a otimizar a frenagem. Respeite ainda o limite de carga do seu carro, e fique dentro da velocidade permitida. Lembre-se ainda de manter o sistema de freios com a manutenção em dia, realizando a troca do fluido a cada 20 mil quilômetros ou no máximo dois anos.

Se mesmo tomando precauções o fading ocorrer, o mais indicado é reduzir as marchas gradativamente e estacionar o carro no acostamento, até que a temperatura dos componentes do freio esteja normalizada. Em geral, em alguns minutos o sistema volta a funcionar perfeitamente, sem perder a eficiência.

Por falar em freios, ninguém gosta dos ruídos causados pela vibração das pastilhas, não é mesmo? Para evitá-los, conte com o Antichios da Mundial Prime. O produto forma uma película elástica fina, amortecendo estas vibrações e eliminando os chiados.

Agora que você já sabe o que é, como evitar e quais os procedimentos corretos em caso de fading, tome os cuidados necessários para garantir que ele não seja um problema. Com a devida  atenção, é possível garantir um percurso tranquilo.

 

Veja também: Zinabre na bateria do carro: o que é e como resolver

Facebook

Instagram