19 de Abril de 2019

Construção

Trincas na parede: veja como reparar de forma simples

As trincas são um dos problemas mais comuns em construções. Geralmente são causadas pela movimentação de materiais e componentes da estrutura, variação de temperatura ou vibrações na área.

Além de serem incômodas visualmente, as trincas propiciam a infiltração da umidade, acelerando a degradação da parede e da pintura. Por isso, para evitar mais transtornos, é ideal saber a forma correta de repará-las.

Vale ressaltar que rachaduras maiores que 0,5 mm devem ser submetidas à avaliação de um engenheiro civil, pois, muitas vezes, podem representar manifestações de problemas estruturais graves que comprometem a segurança e a estabilidade.

Mas, no caso de fissuras e trincas superficiais que atingem apenas o reboco e não causam risco à estrutura, o reparo costuma ser simples e envolve poucos materiais. Veja como fazê-lo.

Antes de tudo é preciso remover todos os resíduos de materiais que não estão aderidos às camadas. Deixe a superfície seca, limpa e livre de poeira.

Feito isso, você vai precisar do Sela Trinca Mundial Prime, um adesivo vedante acrílico de fácil aplicação, com ótima aderência, alta resistência e vedação permanente.

O Sela Trinca adere em concreto, alvenaria e drywall e, além disso, possui fungicida em sua composição, inibindo a proliferação de fungos.

Com a parede preparada e o produto em mãos, vamos aos próximos passos:

– Corte a ponta do cartucho e do bico aplicador na medida desejada.

– Rosqueie o bico no cartucho e coloque na pistola aplicadora.

– Aplique o selante de forma a preencher completamente a trinca.

– Remova o excesso de produto pressionando levemente uma espátula sobre a área aplicada.

– Evite o contato da superfície com água durante as primeiras 12 horas.

– Após 24 horas, a superfície está preparada para ser lixada e pintada.

Pronto, parede perfeita e livre de trincas em pouco tempo!

 

Veja também: Desengripante MP1 Lub: grande aliado contra a ferrugem